WR Revestimentos

 
                                            Serviços                                         
  
 

    Preparação da Superfície

Textura e Grafiato
Massa Textura deve ser aplicada sobre superfícies totalmente limpas e secas.
Se necessário, deve-se lavar , raspar, lixar ou escovar a superfície eliminando por completo as partes soltas, poeiras, partes engorduradas, partículas de sabão, mofo, etc.
Em superfícies absorventes, reboco novo, irregulares, pinturas velhas, caiação, pode ser aplicado desde que estejam nas condições citadas acima.

Gel Reagente
Aplicação do Gel em Textura ou Grafiato:
Aplicar 1 demão do Gel Reagente WR REVESTIMENTOS diretamente na superfície texturizada.
Certifique-se de que a área texturizada está completamente seca (mais de 12 horas após o término da aplicação) e sem resíduos. Se necessário, use um pincel de cerdas macias para remover os resíduos ou um borrifador de ar, (compressor).

 
    Aplicação de Textura ou Grafiato

Modo de Aplicação
Pode ser aplicada uniformemente ou em modos diferenciados para dar uma aparência irregular dependendo da habilidade do aplicador. Ideal para paredes sem acabamento, inibi a humidade e proporciona um visual diferente.

Já vem pronta pra uso direto na superfície, não é necessário nenhum tipo de mistura adicional ou diluição.

Normalmente na primeira demão de camadas grossas são o suficiente para dar início a aparência desejada, se a superfície estiver numa condição muito irregular, será necessário mais que uma demão de camadas grossas de Textura ou Grafiato WR REVESTIMENTOS.

O seu rendimento pode variar de acordo com o estado da parede ou o modo de aplicar. O acabamento final (Gel ou Tinta) deve ser aplicado em no mínimo 12 horas após o término da aplicação.
 


    Aplicação de Gel

Modo de Aplicação
Utilize ferramentas e equipamento de acordo com o efeito desejado. O desempenho e o rendimento pode variar de acordo com a habilidade do aplicador. É necesseario limpar os equipamentos com água e sabão.

Aplicação sobre Texturas e Grafiato
Aplicar uma demão do Gel Reagente tingido de sua cor preferida utilizando rolo de lã com pêlo baixo.
Imediamente após a aplicação, esfregar com um pano branco umedecido de água, (faça uma bola do tamanho da palma da mão, lavando-o sempre que necessário), removendo partes do Gel dos cantos para o centro e criando o efeito manchado. Repetir esse processo em toda extensão da superfície.
Dependendo da umidade e pressão utilizada ao esfregar o pano, pode-se remover mais ou menos gel, obtendo colorações mais claras ou mais escuras. Em áreas maiores, realizar o trabalho em 2 ou mais pessoas.

Técnicas de Pinturas Especiais
Não recomendamos a aplicação do Gel Reagente WR REVESTIMENTOS sobre tintas convencionais, pois pode ocorrer remoção da película, problemas de aderência e manchamento.
Podem ser realizadas pinturas especiais, dependendo do equipamento utilizado e da criatividade do aplicador.
Abaixo descevemos umas das mais utilizadas;

Manchado:
Técnica que oferece um efeito moderno e decorativo às paredes e tetos.
Antes de realizar o processo, umedeça a superfície texturizada com água utilizando rolo de lã, pano úmido ou borrifador. Aplique o Gel Reagente WR REVESTIMENTOS na cor desejada utilizando rolo plástico especial para efeito manchado, em movimentos curtos e em diversas direções.
Áreas grandes: Realizar o trabalho em 2 ou mais pessoas.

Pátina:
Técnica que dá às superfícies de madeira de metal aparência envelhecida.
Após a aplicação e definição total do Revestimento Acrílico Texturizado WR REVESTIMENTOS, feita com trincha serrilhada, aguardar o prazo de sua secagem ao toque. Antes de iniciar a aplicação do Gel Reagente WR REVESTIMENTOS, umudeça a superfície com água utilizando um rolo de lã, pano branco branco ou borrifador. Aplique 1 demão do Gel Reagente WR REVESTIMENTOS de sua cor preferida com a trincha serrilhada e obtenha o efeito desejado.

Trapeado (Ragging):
Técnica que acrescenta em sua aparência, profundidade, dimensão e elegância às paredes e tetos.
Após a definição e total secagem da Textura ou Grafiato WR REVESTIMENTOS, umedecer a superfície com água utilizando um rolo de lã, pano branco ou borrifador. Aplicar 1 demão do Gel Reagente na cor desejada utilizando rolo de lã ou espuma. Logo após a aplicação do Gel (ainda úmido), com um trapo, (pano macio e limpo) umedecido em água e torcido, retirar o excesso do Gel com batidas leves e próximas.
Em áreas grandes, realizar o trabalho em 2 ou mais pessoas.



    Pintura 

Antes de Pintar
Antes de iniciarmos o processo de pintura alguns cuidados devem ser seguidos para que o desempenho da tinta e do sistema adotado sejam adequados.
É essencial ler com muita atenção as instruções contidas na embalagem, pois os produtos Textuarart, mesmo similares entre outros fabricantes diferentes, podem apresentar peculiaridades que devem ser observadas.
Ao abrir a embalagem, o produto deve apresentar bom aspecto e odor adequado.
Antes mesmo de diluir o produto, deve ser feita a sua homogenização, para que qualquer separação de material na embalagem desapareça, dando lugar ao produto uniforme.
Este processo deve ser de fácil execução.
A seguir, passamos à diluição do produto (quando necessário e/ou indicado pelo fabricante), para facilitar a aplicação.

As condições mínimas necessárias para a execução da pintura são: encontrar-se seca, firme, limpa, sem partes ou partículas soltas e isenta de óleos, graxas, qualquer tipo de gordura, sabões ou detergentes e mofo.
Após qualquer operação de lixamento deve ser feita a limpeza da superfície, para que os resíduos de pó sejam eliminados.
Todo e qualquer procedimento de limpeza a úmido deverá ser seguido de enxágue e secagem, para que o processo de preparação da superfície prossiga.

Superfícies Pintadas
Todos so cuidados relativos a limpeza descritos para superfícies novas devem ser seguidos também neste caso;
Partes soltas devem ser eliminadas com espátula e, no caso de caiações, deve ser executado lixamento para remover o máximo possível desta camada;
O brilho deve ser eliminado com lixa de grana 180 a 240 (esta etapa deve ser executada em qualquer repintura, mesmo que a tinta aplicada tenha acabamento fosco, pois facilita a ancoragem de nova tinta que será aplicada);
Caso exista necessidade de correções com argamassa de cimento e areia, deve-se aguardar a cura de 30 dias independentemente da área de reparo;

Azulejos e Pastilhas Cerâmicas
Estas são superfícies consideradas de baixa aderência e por este motivo, devem receber uma tinta e acabamento especial. Mesmo assim, a preparação das superfícies deve ser realizada com muito critério, para que o desempenho da pintura seja adequado. Todos os rejuntes dos azulejos devem ser revistos e, caso necessário, refeitos (não devemos esquecer que rejuntes são, essencialmente, produtos cimentícios, que devem passar por processo de cura de 30 dias);
A superfície deverá ser limpa, inicialmente com água morna e limpador do tipo multi-uso, à base de amoníaco. Esta operação deverá ser repetida de 3 a 4 vezes.
Para repintura, a tinta antiga deverá ser lixada e apresentar-se limpa, isenta de materiais oleosos, graxas ou qualquer parte solta.

Madeira
Superfícies Novas
As superfícies de madeira devem apresentar-se secas para que possa receber pintura ou envernizamento.
Madeiras resinosas devem ser tratadas com solventes adequados para que esta resina não provoque manchas no acabamento. Normalmente utiliza-se thinner, que é aplicado sobre a madeira até satura-la. Durante o processo de evaporação do solvente, a resina solubilizada também será trazida à superfície externa da madeira; parte irá evaporar e parte será removida com auxílio de espátula.

Este processo deve ser repetido tantas vezes quantas forem necessárias para que a madeira esteja livre da resina (normalmente isto ocorre após 3 ou 4 aplicações). Qualquer material oleoso deverá ser removido com o uso de solvente orgânico (aguarrás ou thinner). O lixamento deve ser executado no sentido dos veios da madeira, com lixa de grana 150 a 240, para eliminação de farpas. A utilização de óleo de linhaça como fundo protetor é desaconselhável, pois esse produto reage com a resina componente dos esmaltes e vernizes, provocando sua saponificação.

Superfícies Pintadas
Todas as partes soltas devem ser eliminadas com auxílio de espátula. O brilho da camada anterior deve ser eliminado, utilizando-se lixa de grana 300 a 400 para tal. Superfícies cuja camada de tinta ou verniz apresente grande degradação deverão ter esta camada totalmente eliminada, sendo tratadas com superfícies novas para pintura ou envernizamento.
A superfície deve estar limpa e isenta de materiais oleosos ou graxas. A limpeza deve ser feita com água e detergente neutro.

Ferro e Outros Metais
Superfícies Novas
Qualquer início de oxidação (ferrugem) no ferro deve ser removido atravéz de lixamento (grana 150 a 220) ou por processo químico, pela aplicação de revertedores de oxodação disponíveis no mercado.
A limpeza deve ser efetuada com solvente orgânico (aguarrás ou thinner) para eliminar óleos, gorduras e graxas. Ferro galvanizado ou outras superfícies metálicas como alumínio apresentam baixa aderência, o que faz com que seja necessária a aplicação de fundo especial para galvanizados antes da pintura.

Superfícies Pintadas
Todas as partes soltas devem ser eliminadas com auxílio de espátula. O brilho da camada anterior deve ser eliminado, utilizando-se lixa de grana 300 a 400 para tal.
Superfícies cuja camada de tinta apresente grande degradação deverão ter esta camada totalmente eliminada, sendo tratadas com superfícies novas para pintura. A superfície deve estar limpa e isenta de materiais oleosos ou graxas. A limpeza deve ser feita com água e detergente neutro.

  

WR Revestimentos